pigatti

Itália: viajar para reviver

Itália: viajar para reviver

A Itália é gigantesca, e não estamos dizendo isso em relação ao seu tamanho territorial, mas sim sobre seus mais de 2000 anos de existência, que resultaram em um patrimônio cultural inestimável para a humanidade. Além de possuir uma rica história, o país também é famoso pelas suas belas paisagens, gastronomia incomparável e seus vários destinos turísticos, que acolhem os mais diversos perfis de pessoas.

Para o post dessa semana escolhemos falar sobre o país por uma perspectiva diferente, focando em um roteiro que é menos explorado pelo turismo tradicional, mas que ainda sim é extremamente rico em experiências culturais e belezas naturais.

Começaremos nossa viagem pelas belas praias da Puglia, no sul da Itália, passando por Roma e Úmbria (destinos que tem uma forte conotação religiosa), e terminando nas Dolomitas, que formam uma cadeia montanhosa dos Alpes orientais no norte do país. Vem conferir.

Puglia: banhada pelo mar Adriático e o mar Jônico, a Puglia é uma região no Sul da Itália, que ainda é um pouco desconhecida pelo turismo mundial. No passado sua localização tinha uma função estratégica, era a união com o oriente e seu território foi ocupado pelos gregos (no séc. VIII AC) e conquistado pelos romanos, onde teve papel essencial como a “porta do oriente”

Sugestão de hotel:

Masseria Torre Maizza : situado na encantadora área de Savelleteri di Fasano, ao longo da costa do Adriático e rodeado por olivais antigos, o resort é uma casa de fazenda original datada do século XVI . Todas as 40 suítes são extremamente luxuosas e com vistas deslumbrantes para a paisagem campestre.

Roma: capital da Itália, é considerada a maior e mais populosa cidade do país. Com destinos turísticos famosos no mundo todo, o destaque vai para o Coliseu, Fontana di Trevi e Basílica de São Pedro. Ruas movimentadas e cheias de turistas são características da região, que também é palco para inúmeros bares, cafés, lojas de grifes internacionais e, claro, restaurantes imperdíveis.

Sugestão de hotel:

Hotel de La Ville: localizado no topo da Escadaria Espanhola, o Hotel de la Ville incorpora e tem vista para a vida na Cidade Eterna. Com estilo romano clássico e bar e restaurante voltados para o bairro mais interessante de Roma, a hospedagem possui um pátio encantador e spa de inspiração siciliana.

Umbria: região que fica no centro da Itália, conhecida como o “pulmão” do país, faz divisa com Marche, Lazio e Toscana. Dividida em duas províncias, Perugia e Terni, tem como principais atrativos suas cidades medievais localizadas nas montanhas, culinária local e turismo religioso. As cidades famosas pelo cunho espiritual são, Assis (local de nascimento de São Francisco, e onde está localizada a Basílica de São Francisco) e Norcia (local de nascimento de São Benedito, e casa de diversos monumentos religiosos famosos).

Sugestão de hotel:

Norcia Palazzo Seneca: Situado a poucos passos da praça principal de Norcia, o Palazzo Seneca foi construído em uma propriedade do século 16, e cuidadosamente restaurado. Com uma localização privilegiado, este hotel boutique de gerência e propriedade familiar oferece acomodações luxuosas e refeições gourmet em um ambiente histórico incomparável. O hotel faz parte do catálogo Relais & Châteaux 

Veneza: uma cidade formada por 177 canais, 118 ilhas e 400 pontes: ir a Veneza é como mergulhar em uma aula de história. É entender um pouco mais sobre as antigas navegações, as guerras e as vitórias que ocorreram na luta para dominar o mar Adriático. Afinal, foi assim que a cidade nasceu e se transformou no que, hoje, é um dos destinos mais requisitados do mundo com sua beleza, arquitetura ímpar, hotéis charmosos e labirintos que te convidam a voltar e a se perder por suas ruas mil vezes.

Sugestão de hotel:

Hotel Londra Palace:  inaugurado 1853, o lugar é uma mistura perfeita entre modernidade e história. O hotel tem 53 quartos elegantes, decorados com uma variedade de cores, móveis de mogno, e tapeçaria sofisticada; excelente restaurante (comandado pelo chef Loris Indri); e uma localização impecável, bem no coração de Veneza, com vista para as igrejas de San Giorgio Maggiore e Santa Maria della Salute. O Hotel também faz parte do catálogo Relais & Châteaux .

Dolomitas: são uma cordilheira nos Alpes da Itália; consideradas Patrimônio Mundial da Unesco; a área abrange cinco regiões: Trento, Bolzano, Belluno, Udine e Pordenone. Apesar de ser um destino pouco explorado pelo turismo brasileiro, é detentor de uma das paisagens mais surreais do país.

Sugestão de hotel:

Hotel Cristallo: com 120 anos de história e considerado, por muitos, o melhor hotel das Dolomitas; a propriedade é composta por 74 acomodações luxuosas (com lustres de cristais, decoração contemporânea e varandas privativas); restaurante impecável (comandado pelo chef Marco Pinelli), e um Spa de 1600 metros quadrados (com piscina panorâmica coberta em estilo românico, hammam, banho turco, sauna e espaço fitness).

Quer saber mais sobre esse roteiro super especial? Então, vem conferir ,na íntegra, o nosso episódio da série Beyond sobre a Itália.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *